LSA e seus Efeitos – Análise Completa da Substância

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

LSA e seus Efeitos – Análise Completa da Substância

Mensagem por Admin em Sex Jan 06, 2017 4:20 pm



Início dos efeitos: 30 – 180 mins
Duração dos Efeitos:  4 – 10 hrs
Duração dos efeitos perceptíveis após o pico : 2 – 24 hrs

Dosagem: Difere entre as sementes de Morning Glory e Hawaiian Baby Woodrose.

O LSA (também conhecido como Ergina, Amida do Ácido d-Lisérgico, e d-Lisergamida) é um alcalóide da família das ergolinas que ocorre em diversas espécies de trepadeiras, as flores da glória-da-manhã e algumas espécies de fungo. Esse é o alcalóide dominante encontrado nas sementes de diversaas variedades de glória-da-manhã em concentrações de aproximadamente 10 microgramas por semente, e nas sementes de Hawaiian Babay Woodrose, possui uma concentração de 0.13% do peso seco. O LSA possui semelhanças estruturais ao LSD, colocando-o na família das lisergamidas psicodélicas.

O uso tradicional das sementes de glória-da-manhã por mexicanos nativos foi descrito pela primeira vez por Richard Schultes em 1941 em um breve artigo documentando seu uso remetendo até os tempos astecas. Pesquisas mais aprofundadas foram publicadas em 1960, quando Don Thomes MacDougall relatou que as sementes da glória-da-manhã foram utilizadas como sacramento por alguns Zapotecas (algumas vezes em conjunto com as sementes da Ryvea corimbosa, outra espécie de trepadeira que tem uma composição química semelhante, o lisergol, ao invés do LSA).

O LSA foi analisado em humanos por Albert Hofmann em auto-experimentos em 1947 (muito antes de ele ser conhecido como um componente natural). A administração intramuscular de uma dose de 500 microgramas leveva a um estado fatigado e hipnagógico acompanhado de uma dificuldade de manter pensamentos claros. Após um curto período de sono, os efeitos passavam e a consciência normal era recuperada dentro de 5 horas. isso sugere que o LSA ser o principal composto psicodélico no interior das sementes da glória-da-manhã e da Hawaiian baby woodrose é discutível, uma vez que relatos anedóticos sugerem que os efeitos do LSA sintético e do iso-LSA são levemente psicodélicos em seus efeitos, e a ação total das sementes pode ser causada por uma mistura de lisergamidas ao invés de um componente específico.

A experiência com o LSA contém uma gama de efeitos complexos e variados que são baseados nos potenciais efeitos subjetivos pré-definidos, que podem ser encontrados aqui. A molécula agora será descrita e analisada.

Efeitos Físicos do LSA
Os efeitos físicos do LSA podem ser divididos em cinco componentes, que são todos proporcionalmente intensificados proporcionalmente à dosagem. Eles estão descritos abaixo e geralmente incluem:

Sensações táteis espontâneas – os efeitos físicos do LSA podem ser descritos como um formigamento suave e agradável. Esse efeito é facilmente notado em dosagens elevadas e é acompanhado por fortes ondas de euforia física que são usualmente manifestadas espontaneamente em diferentes pontos não-previsíveis durante a trip, mas que também podem manter uma presença constante. Em todo caso, eles aumentam de forma constante com o início dos efeitos e atingem seu limite assim que os efeitos estão sendo completamente manifestados durante a viagem.
Anestesiamento: Em termos de seus efeitos nos níveis de energia física do usuário, o LSA tende a ser sedativo, entretanto, esse efeito depende do ambiente. Por exemplo, quando ingerido em ambientes com grande quantidade de estímulos ou durante atividades físicas extenuantes como durante uma caminhada, corrida, escalada ou dança, o LSA se torna capaz de ser um estimulante e energético. Em contraste, quando ingerido em ambientes calmos como quartos escurecidos e confortáveis, é uma molécula relaxante, pacífica e consideravelmente sedativa.
Vasoconstrição
Efeitos Cognitivos do LSA
Os efeitos mentais do LSA são descritos por muitos como extremamente relaxantes, mas ainda assim lúcidos e limpos em seu estilo se comparados a outros psicodélicos comumente utilizados como o LSD e a Psilocibina. Embora seja principalmente sedativo, o LSA acompanha fluxos de pensamento de ritmo rápido.

O LSA contém um grande número de efeitos psicodélicos cognitivos. Os mais proeminentes desses efeitos incluem:

Conectividade de pensamentos
Introspecção
Aceleração do pensamento
Melhoramento do estado mental
Sentimentos de fascínio, importância e despertar
Pensamentos conceituais
Supressão, morte e perda do ego
Distorção do tempo
Comunicação direta com o subconsciente
Deja-vu
Efeitos Visuais do LSA
Os efeitos visuais do LSA são mais comumente presentes quando grandes doses forem consumidas.

Melhoramentos

O LSA apresenta uma gama completa de efeitos visuais possíveis que geralmente incluem:

Aumento na acuidade visual
Melhoramento das cores
Melhoramento do reconhecimento de padrões
Distorções

Em relação às distorções e alterações visuais, essas são mais simples do que as distorções de olhos abertos encontradas em outros psicodélicos. Os efeitos experimentados são detalhados abaixo:

Efeitos de distorção (Derretimento, Respirar, Fundir e Fluir) – Em comparação com outros psicodélicos, esse efeito pode ser descrito como de média intensidade, mas altamente detalhado, embora cartunístico em sua aparência. Eles são muito rápidos, embora fluidos no movimento, e são fugazes na permanência. Esse é um efeito manifestado muito raramente, e alguns usuários relatam que nunca tiveram essas distorções.
Mudança de cores
Geometria

A geometria visual que é experimentada durante a experiência com LSA pode ser descrita como mais similar em aparência à geometria do 4-AcO-MDT, ayahuasca e 2C-E do que a do LSD ou 2C-B. Ela pode ser compreensivelmente descrita como estruturada em sua organização, orgânica em seu estilo geométrico, intrincada em sua complexidade, afastada e pequena em tamanho, rápida e suave em movimento, colorida no seu esquema, com cores brilhantes, arestas borradas e vértices arredondados. Ela tem uma sensação muito mais “natural” do que a geometria do LSD, e em doses elevadas, possuem a tendência a resultar em estados de geometria de nível 7B do que de nível 7A.

Estados alucinatórios

O LSA produz uma série de estados alucinatórios de uma maneira que é muito consistente quando ingerido em altas dosagens. Os efeitos desses estados incluem:

Alucinações externas – essas são extremamente comuns com o LSA e seguem parcialmente o conteúdo do fluxo de pensamento do usuário.
Alucinações internas – Diferentemente do LSD, o LSA produz estados alucinatórios moderados a fortes em dosagens elevadas. Esse efeito em particular pode ser comparado ao estado de sonho lúcido e geralmente contém alucinações com enredos, ambientes, contato com entidades autônomas e cenários. Elas são mais comuns em ambientes escuros  podem ser descritas como internas em sua manifestação, lúcidas em sua credibilidade, interativas no seu estilo e quase exclusivamente religiosas, espirituais, místicas ou transcendentais em seu tema geral. Essas alucinações são complementadas por uma melhoria na habilidade de visualizar conceitos. Essa habilidade eventualmente se torna tão eficaz em altas dosagens que leva a estados alucinatórios que são inteiramente lúcidos e na sua maior parte, controláveis.
Efeitos auditivos do LSA
Os efeitos auditivos do LSA são comuns e exibem uma gama completa de efeitos que normalmente incluem:

Melhorias
Distorções
Alucinações
Fontes naturais de LSA
Sementes de Glória-da-Manhã



As sementes de muitas espécies de glória-da-manhã, ou morning glory, contém lisergamidas (incluindo o psicodélico conhecido como LSA). As sementes são encontradas em muitas lojas de jardinagem, entretanto, não devem ser consumidas, pois as sementes provenientes de fontes comerciais são com frequência cobertas por algum pesticida ou metilmercúrio, o que pode resultar em náusea extrema se ingeridas. Sementes sem esses pesticidas podem ser compradas online e estão disponíveis em lojas de jardinagens encontradas facilmente pelo Google.

Quando utilizada, a dosagem oral para consumo é geralmente considerada de:

Leve: 50 – 100 sementes / 1.5 – 3 gramas
Comum: 100 – 250 sementes / 3 – 6 gramas
Forte: 250 – 400 sementes / 6 – 10 gramas
Pesada: 400+ sementes / 10+ gramas
Sementes de Hawaiian Baby Woodrose



A Hawaiian Baby Woodrose é uma trepadeira perene que é nativa do continente indiano e foi introduzida em diversas áreas ao redor do mundo incluindo o Havaí, a África e o Caribe. As sementes de Hawaiian Baby Woodrose podem ser consumidas por seus diversos alcalóides lisergamínicos como o LSA. Essas sementes são encontradas em muitas lojas de jardinagem, entretanto, assim como as sementes de glória-da-manhã, estão cobertas de pesticidas e metilmercúrio. Estas sementes podem também ser compradas pela internet através do Google.

Quando utilizada, a dosagem oral para consumo é usualmente de:

Dose limiar: 1 – 4 sementes
Leve: 3 – 6 sementes
Comum: 5 – 8 sementes
Forte: 7 – 12 sementes
Pesada: 12+ sementes
Efeitos na saúde, potencial para dependência e tolerância
A dosagem tóxica do LSA não é conhecida, uma vez que não há nenhum relato de overdose. Isso sugere que o LSA é perfeitamente seguro para consumo.

Entretanto, o LSA não deve ser usado com frequência. Quando utilizado com frequência em um curto período de tempo, os efeitos de vasoconstrição aumentam, enquanto os efeitos psicoativos diminuem. Se você está sentindo suas pernas doloridas, esse é um sinal dos efeitos cumulativos da vasoconstrição em seu corpo. As pernas ficam doloridas por que não há sangue suficiente chegando aos músculos. Os músculos superiores da sua perna são os maiores e os que demandam mais energia, e eles ficarão doloridos se o fluxo sanguíneo para eles é diminuído, nem que levemente. Se você ingeriu sementes de Hawaiian Woodrose, glória-da-manhã ou LSA puro, e está sentindo suas pernas doloridas, você deve parar por um tempo. Deixe seu corpo se restabelecer antes de utilizar as sementes novamente. Isso é mais importante para o LSA (Hawaiian Woodrose, glória-da-manhã, etc). Com o LSA, pode levar até 3 dias de abstinência para seu corpo se reestabelecer.

É importante notar que o LSA não possui potencial para dependência, e o desejo de utilizá-lo pode na verdade diminuir com o uso. Geralmente, é auto-regulável. Você também adquire uma tolerância quase instantânea após a ingestão de LSA, prevenindo-o de experimentar seus efeitos completos com uma frequência maior que a cada 4-7 dias (a não ser que você aumente a dosagem significativamente).

Conclusão
Como substância em si, apesar de ser conhecido muito bem através da comunidade psicodélica, essa substância tem uma reputação muito ruim por causar estados de náusea dolorosos, vômitos e vasoconstrição apesar do fato de essa ser reduzida dependendo do método de preparação. Além disso, o LSA é conhecido por ser uma substância que causa efeitos visuais e cognitivos leves em comparação com outros psicodélicos clássicos.

Porém, essa reputação está incorreta. O LSA pode ser tão profundo quanto o LSD, cogumelos, ayahuasca ou qualquer outro psicodélico, basta você encontrar a dosagem correta e extraí-la da maneira adequada. Isso torna o LSA uma excelente escolha para um psiconauta, especialmente quando considerando o quão barata e disponível a planta está.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 13
Data de inscrição : 05/01/2017

Ver perfil do usuário http://cogumelosenteogenos.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum